CAFEZANDO

19 abr
Quase 15 dias sem dar as caras.
Essas sou eu, meninas. 😦
A real é que pouca coisa nova aconteceu.
Entre as novidades, esta aqui veio morar na minha casa:

Brincadeira, gente.
A Nespresso que eu ganhei foi essa:

Agora em casa virei a louca do café.
Tinha lá uma cafeteira elétrica com jarra térmica que de térmica não tem nada. Aliás, se depararem com ela um dia desses, fujam que é truque. E por incrível que pareça, sei fazer café, mas naquelaaaaaaas… Meu café é ruim pra diabo.
Daí que ganhei a Nespresso (meu irmão comprou uma versão automática e me deu essa, que é manual – ou seja, vc controla a quantidade de café), mais um kit de degustação com cada uma das 16 cápsulas. E vou falar, nas primeiras cápsulas, que iam no olhômetro, eu tive o dom de f* o café da Nespresso. Fiquei muuuito triste com a minha incapacidade de fazer um café decente em qualquer veículo.
Então, a ideia salvadora.
Fui a uma das boutiques (ui) Nespresso e comprei um conjunto de xícaras, que vem duas pequenas e duas grandes. E foi caro, R$ 100 pelo kit com pires coloridos (sendo que pires é um treco que, para mim, só serve para acender vela quando a luz acaba). Mas caray, eu tinha GANHADO uma máquina, o que são R$ 100 em xícaras mais R$ 2,00 por cápsula por um café bom? Então a pessoa pensa o quanto de dinheiro gastou em Melissa e mandou bala.
((Nota: Gentiz, fico pensando. Se eu não tivesse comprado tanta Melissa, não teria gastado esse dinheiro em outros sapatos? Provavelmente não, né? Melissa é vício mesmo, coisa de colecionismo e talz. Blé, devia elocubrar em silêncio))
Agora, falando em Melissa.
Apesar do desencantamento, continuo usando Melissas, porque, né? Tenho ainda milhares de Melissas e poucos sapatos de outros tipos e materiais. Então ainda tenho usado bastante as danadas.
Trabalho em uma revista de arquitetura, decoração e design, e entre os amigues de
trabalho, temos um moço que é uma das pessoas mais estilosas que eu conheço, um cara com um conhecimento de design e materiais fora do comum, o que a gente sabe sobre cores, modelos e coleções de Melissa, ele sabe sobre arte e design. É impressionante mesmo.
Outro dia estávamos conversando, ele olhou minha sapatilha (Ultragirl Bamboo) e disse que era notável o efeito que a Melissa tinha conseguido nesse modelo. Tirei o sapato do pé para ele olhar a impressão de perto, e mais elogios! (fiquei bem surpresa, acho a Bamboo tão basiquinha)
Daí ele começou a falar sobre as parcerias com os arquitetos e designers famosos, acho
u a Wings horrorosa (“eu já sabia”, dizia a plaquinha nas minhas mãos), as sapatilhas Campanas bem fraquinhas (!) e a Gaetano Pesce esquisita-interessante. Mas a melhor de todas, para ele, era a Zaha Hadid…
… na qual eu não colocaria meus pés porque acho feia não seguro, mas que ele me provou por meio de imagens que é uma Melissa muito coerente com o trabalho da Zaha Hadid.
Acabei de perguntar para outro jornalista-arquiteto quem ele achava que tinha criado essa Melissa e ele cravou, na hora: “Só pode ser a Zaha”. Segundo ele, o gênio da Zaha está no profundo domínio sobre a engenharia e a tecnologia, e seu casamento perfeito com o design, que fica bem claro nesse modelo. Preciso falar que ele também amou essa Melissa?
E vocês, o que acham da Zaha Hadid e da Melissa dela?
PS: Isto NÃO é um publieditorial. Ganhei a Nespresso USADA do meu irmão.
Anúncios

2 Respostas to “CAFEZANDO”

  1. Raquel 21 de julho de 2013 às 2:41 #

    acho bem interessante! não tenho, nem terei provavelmente, pelo precinho nada amigo e tb pela dificuldade de usar algo assim, mas se ganhasse usaria com muito prazer (se não cedesse ao impulso de vender pelo lado mercenário do $$$ ahaha). enfim, linda, interessante, definitivamente exótica e conceitual, mas tenho um lado ‘mão de vaca’ q n investiria =]

    • Adriana 22 de julho de 2013 às 14:18 #

      Raquel
      Vc não tá entendendo a minha incapacidade de fazer um café decente mesmo com cafeteira! A Nespresso é uma mão na roda, antes eu ia para a padaria e gastava 1,50 no café de meia, hoje gasto esse valor na cápsula!
      Beijo,
      Adri

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: