GORDICES EM SÃO PAULO – PARTE 7

9 jan

mori03

Esse ano, tivemos muitas – MUITAS – comemorações de fim de ano e minha mãe decidiu que não queria mais cozinhar. Pra falar a verdade, achei BEM justo, tadinha, ela cozinhou tanto – e tão bem – ano passado que ela realmente merecia o descanso.

Como boa família de japas, ficamos aguados quando minha cunhada confidenciou que estava aguada para comer comidinha japa, então meu irmão se encarregou de fazer a reserva no MORI SUSHI. Aqui cabem DOIS esclarecimentos: 1) NÃO somos proprietários desse restaurante.; 2) Também NÃO somos proprietários da Natação Mori. 🙂
mori01

O jantar estava marcado para as 20h15 (horários quebrados, trabalhamos com isso) mas como meu marido teve de atender uma emergência, chegamos lá às 21h. O lugar estava lotado, as pessoas mal cabiam na área de espera, um barulho infernal, mas como o resto da família era pontual, estavam todos sentadinhos, comendo as entradas. Na recepção, disseram que estavam em uma mesa no andar superior, que é basicamente um labirinto. Sim, o restaurante é grande mas não, não foi pensado para pessoas conversarem. Mesmo com meu marido, que estava sentado na minha frente, estava difícil conversar.

Então, o restaurante serve todas aquelas entradas que eu acho OK, mas não sou das maiores consumidoras, nem quando estou com fome. As coisas que comi não chamaram muito minha atenção.

mori02

Então vamos falar do quer interessa: o peixe. Sou fã, especialmente, de atum e de salmão. Não gosto de peixe branco magro, tipo tilápia, mas gosto daquela gordurosidade chamada prego.

mori03

Os peixes do Mori estavam bons. Ótimos. Excelentes.
Gostoso, com textura firme mas sem ser duro, cortado em fatias grossas (adoro!). Os sushis também estavam bons, uma boa variedade e sem pobreza. Assim: ODEIO restaurante que faz o bolinho de arroz gigante e coloca uma fatiazinha de peixe sem graça em cima. Não é este caso.

mori04

A sobremesa, inclusa no preço do rodízio, era uma bola de sorvete Haagen Dasz. Ponto para o Mori Sushi. MAS é um restaurante no qual não pretendo voltar tão cedo. Entendo que comida japonesa de qualidade custe caro – e meu problema não foi a qualidade, estava tudo muito delícia mesmo – , mas não a bagatela de R$ 120 por pessoa. E eu tomei só uma coca zero, e meu marido uma cerveja e uma coca. Não foi muito diferente do que o restante da mesa bebeu. Há restaurantes tão bons quanto o Mori, com peixes tão frescos e bem cortados, que eu e meu marido juntos pagamos R$ 150. É bom, mas para mim é caro.

SERVIÇO
Mori Sushi
R. da Consolação, 3610
Jardins
São Paulo/SP
Tel: (11) 3898-2877

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: