Arquivo | Chega RSS feed for this section

MIGS, PARA QUE TÁ FICANDO FEIO…

26 jun

Sabe aqueles filmes que viram séries intermináveis?
Outro dia passou na TV o primeiro filme do Karatê Kid.

KK1Puts filme legal, estética bem dos anos 80, historinha bacana, gosto muito.
Daniel-san encerando o carro e pintando a cerca é um clássico da exploração do trabalho infantil do cinema. #mejulguem
KK2Daí a TV passa de novo o Karatê Kid, o segundo filme, que é o melhor da série, que o sr. Miyagi volta para o Japão e Daniel-san arranja treta até com o clima e no final tudo termina bem.
KK3

Aí vem o terceiro filme e o Daniel-san fique enchendo questionando o Sr. Miyagi. E a gente do outro lado da tela fica puto com ele porque o sr. Miyagi sempre tem razão. Saco na lua, qualquer um de nós saberia que questionar o sr. Miyagi era cilada, mas enfim.

KK4

Daí rolou uma trairagem e o sr. Miyagi mandou o Daniel pra porra e catou uma menina Karate Kid pra treinar. Não sei se era justo, mas enfim, a moça tinha sido Power Ranger e depois ganhou Oscar fazendo papel de menino fancho e depois outro Oscar, lutando boxe. Não assisti porque já tinha achado um absurdo o terceiro filme e ainda mais o quarto, um caça-níqueis em cima de uma franquia ótima.

kk5

Então o sr. Miyagi morre e o que o povo acha uma boa ideia? Um novo Karate Kid ainda mais novo. Com o filho do Will Smith e Jackie Chan de coach. Não vi, não gostei e aposto que o sr. Miyagi daria uma coça no moleque, no professor e na porra toda.

Tudo isso para dizer que 1 é pouco, 2 é bom, 3 é demais, 4 podia não ter existido e quando a coisa chega no 8… Vishhhhhhhhhh

KK6Seriously…