NA MINHA ÉPOCA ERA MELHOR…

25 jun

Como ultimamente não tenho acompanhado o mundo melissístico – e para falar a verdade, o maior contato que tenho com elas é por meio de um grupo de melisseiras old school -, vejo só de relance o que tem vindo e, para ser sincera, quase nada me chama a atenção, motivo pelo qual nem sinto vontade de comentar.

MAS certas coisas, não dá para passar incólume:

mel34Melissa Flower Boot + Alexandre Herchcovitch

Gente, eu usei Melissa por uns bons anos, tenho um amor carinho certo apreço pela marca em nome do relacionamento, mas fala sério, essas coisas não dá.

Primeiro: porque é plástico feio.
Segundo: porque é feio.
Terceiro: a imagem fala por si.
(Vou falar o quê? O trem é horroroso e fim)

Até achei uma tal de Flower (parceria com a Isabela Capeto) bonitinha no passado, mas essa aí…
Podia ser Inverno, tem cara de Verão e é uma tranqueira.

Anúncios

O QUE VOCÊS ESTÃO FAZENDO AQUI?

22 jun

Gente, faz MESES (mais de 12) que parei de escrever aqui com frequência.
O que tá acontecendo que as estatísticas andaram batendo as 200 visitas diárias recentemente?

antaresBoooooo!

Só para dar um susto em vocês mesmo.
Até mais! 🙂

SUMIÇO

8 abr

crescer

Olha essa capa da Crescer de botinhas Melissa.
Tem como não amar toda essa overdose de fofurice?

Mudando de assunto, OI, depois de várias semanas!
Estou trabalhando muito, houve uns dias de correria intensa e agora voltei a escrever um pouco.
Trabalho em uma revista, mas fico mais na coordenação administrativa, mas há alguns meses comecei voltei a escrever umas matérias também – que envolveram pequenas viagens de fim de semana (essa é a parte ótima). E entre trabalho e blog, perdeu blog. 😦

Continuo firme e forte no Pilates, e voltei à academia.
Dessa vez meu marido está bem disposto a entrar em forma e resolvi embarcar nesse frenesi fitness dele. Já vi resultados, mas não o suficiente… Finalmente, também, comprei meu capacete para andar de bicicleta e enfrentar a Ciclofaixa aos domingos. 🙂

Sobre o meu consumismo, boas novas.
Andei usando e gastando bastante coisa do estoque, e comprado praticamente zero desde nossa última conversa (só reposição de produtinhos básicos e necessários, tipo cotonete e sabonete líquido). Como ganho bastante coisa, acabei aderindo a esses produtos (como aquelas varetinhas com óleos essenciais e sabonetes para as mãos) e só vou repor as coisas quando acabar. #virandogentegrande
Desapeguei de coisas que ganhei mas certeza que não vou usar enquanto eles tiverem uma validade aceitável, tipo uns rímeis e batons.
E NÃO comprei mais Melissas nem sapatos (só um par de tênis para a academia, tenho uma pisada feladapota e os tênis que eu tinha nao estavam dando conta na atividade esteiro-elíptica).

Sabe lá quando vou ter tempo de novo para fazer atualizações mais frequentes (desculpa, gente!)… Mas não se esqueçam de mim! #carente

Beijocas, abraços e apertos de mão. 😉

CASINHA ESTILO BAUHAUS

26 mar

cubix1

Em homenagem ao estilo difundido pela Bauhaus (escola de design, artes plásticas e arquitetura criada pelo arquiteto alemão Walter Adolf Gropius) – as linhas limpas, as cores puras e a utilização de vidro -, a empresa alemã Best Friend’s Home criou a casinha Cubix Dog Mansion.

cubix

Com seu pé direito alto e janelas de vidro blindado e resistente ao clima, a casa é feita de madeira e está disponível em diferentes tamanhos – de acordo com o porte do pet: small, medium e extra large.

cubix3

cubix2

cubix6

cubix7

cubix5

cubix8

cubix4

As casinhas custam a partir de 1.900 euros e podem ser compradas aqui. Estiloso, né?

ANIMAIS PARA VER E PENSAR

19 mar

frasconi 2 caged man

frasconi 1
Imagens da série The World Upside Down

Antonio Frasconi nasceu na Argentina (1919) e cresceu no Uruguai, mudando-se para os Estados Unidos em 1945. Trabalhando sobretudo com xilogravura, Frasconi ficou famoso por suas imagens poderosas, muitas vezes com inspiração política, que ilustraram muitos livros e revistas.

frasconi 3 o corvo

frasconi 5 raposa e as uvas

frasconi 5

frasconi 6

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

frasconi 8

frasconi 9

frasconi 10

PET EXCÊNTRICO

12 mar

Parece que a galera curte um gato, né? \o/
E o gatcheeeeenho de Salvador Dali?

babou1

Um dos artistas mais excêntricos da história, o catalão Salvador Dali também era fã de animais excêntricos. Um de seus favoritos era o ocelote (um felino da família das jaguatiricas) Babou.

babou5

Babou nasceu na Colômbia e foi comprado por Dali na década de 1960. Acompanhava o artista em todos os lugares, desde viagens luxuosas em navios até restaurantes badalados – onde, ao assustar uma frequentadora, disse que Babou era um gato normal com “pintura op art” – e hotéis caros como a suíte presidencial do Le Meurice, de onde ele escapou e provocou um tumulto no saguão.

babou2Babou e Dali na cabine do capitão do SS France

babou3
Babou e Dali na noite de autógrafos de “Lettre Ouverte a Salvador Dali”, em 1965

babou4
Babou e Donyale Luna, a primeira top model negra a ser capa da Vogue

HOTEL BOM PRA CACHORRO

5 mar

Com o fim da alta temporada, viajar fica muito mais legal (e mais barato).
Um destino bem bacana para essa época em que o frio se despede é Paris. ❤

meurice3

Além de ser um dos hoteis de luxo mais famosos de Paris, o Le Meurice é um destino certeiro para quem deseja que seu cão seja tratado com honras de chefe de estado.

meurice8

Em 1905, ao assumirem o controle do Le Maurice, Arthur Millon e Frédéric Schwenter comandaram uma reforma interna completa no hotel. Durante as obras, os operários “adotaram” um greyhound, que se tornou, primeiro, o mascote do hotel e, em seguida, seu símbolo.

meurice9

O amor aos cães se reflete também na permissão de sua presença nos luxuosos aposentos, bem como mimos para os peludos que fizerem check in com seus donos: potes com design exclusivo para os cães e gatos, bem como plaquinha personalizada e caminha cheia de estilo. Além disso, a cozinha pode preparar o prato favorito do pet e há inclusive alguns funcionários que podem levar os cães para dar uma voltinha no Jardim das Tulherias (triste, né?).

meurice2

meurice4

meurice5

meurice6