Arquivo | Hermès RSS feed for this section

PERFUME: EAU DES MERVEILLES, HERMÈS

29 nov

eauNotas de saída:: laranja, limão e elemi (resina de uma árvore nativa das Filipínas)
Notas de cabeça:  ambar, pimenta, pimenta rosa e violeta
Notas de base: Abeto (um tipo de conífera), vetiver, cedro e musgo de carvalho


Como contei antes, na minha viagem para Paris me apaixonei por esse perfume, mas nessas de pensar, pensar, pensar, medinho mimimi de gastar o dinheiro, deixei pra comprar depois – mas sempre que podia, espirrava um pouco em mim, para sair sentindo o cheiro.
Teria sido uma história triste SE minha cunhada não tivesse ido viajar pros Steites, daí comprei pela internet e mandei entregar no hotel dela. Saiu mais barato do que se eu tivesse comprado em euros – tem dessas…

Meu primeiro contato com o Eau des Merveilles foi na Sephora.
Estava lá, olhando, cheirando, experimentando (no papelzinho) alguns perfumes, e não percebi que tinha uma vendedora me observando. Daí ela uma hora me abordou, disse que eu tinha de experimentar um perfume X e mais, disse que ia adorar e querer comprar o tal perfume. Daí fomos para o counter da Hermès e ela me apresentou o Eau des Merveilles.
No primeiro dia, apliquei no papel e cheirei. Só que nos outros dias em que cruzei com ele, espirrei nos pulsos e aí fez-se o milagre: NUNCA experimentei um perfume que não me chamasse tanto a atenção que mudasse tanto na pele. No papel ele era comum, mas na pele, foi mágico!

E a personalidade?
Se tenho dois perfumes com muita personalidade, são o Chance de Chanel e o Eau des Merveilles.
E se alguém me dissesse que eu me apaixonaria por um oriental amadeirado, eu daria risada na cara.
Mas foi isso que aconteceu.
Simplesmente AMEI o perfume, nem tanto pela primeira impressão (lembrou um pouco loção pós barba masculina), mas pelo que ele fica na pele. Essa impressão logo se desfaz (na minha pele, questão de minutos) e o que fica é um perfume forte (no sentido do caráter, e não no quanto incomoda os outros), elegante, amadeirado mas fresco – porém sem aquele jeito de passeio a beira-mar, sabe? E o mais intrigante é que é um perfume de uma só flor, que costuma ter o cheiro discreto, e ainda assim é doce na medida certa, além de sedutor e feminino!

Dos meus perfumes, este seria minha opção para a noite, embora não seja invasivo para o dia também.
A durabilidade também é uma coisa: passo de manhã e no fim da tarde ele ainda está aqui, me divertindo.
Cheiro bom, fixação ótima, só o preço não ajuda muito.
Se pudermos esquecer o vil metal, é um perfume para a vida.

Ano de lançamento: 2004
Quanto: R$ 599,00 por 100 ml (ouch, paguei 1/3 do preço!)
Onde: http://www.sephora.com.br/site/produto.asp?id=2528

Anúncios