Arquivo | Galeria Melissa RSS feed for this section

O TAL DO MARKETING

8 fev

Quando vi que duas meninas do F*Hits tinham sido convidadas pela Melissa para fazer a abertura da Galeria Melissa em NY, logo imaginei que causaria pelo menos um mau estarzinho.

Bom, quem me acompanha aqui já sabe como eu adoro o Marketing da Melissa. Como acho correto a forma como eles conduzem o relacionamento. A competência. O respeitoZZZZZzzzZZZZz. Mas de uma coisa não se pode acusá-los: de serem incoerentes.
Pohan!
Se eles contam com escravas condicionadas melisseiras fiéis postando sobre as mil e uma vantagens de um sapato de plástico fubazento ecologicamente correto, cheio de design, graça e beleza, representando a mulher brasileira (piada interna), para que investir nelas? Elas JÁ FALAM SOBRE MELISSA E DÃO MORAL PARA A MARCA! Daí em quem você vai focar? EM QUEM NÃO FALA SOBRE MELISSA E QUE ATINGE UM PÚBLICO MAIOR! É óbvio: as melisseiras já foram adestradas, então foco em quem não conhece a marca. E por meio de quem vamos atingir quem não conhece a marca? Por meio das blogueiras que arrotam regras ditam tendências.
Desde sempre as melisseiras sempre foram alimentadas com esmolinhas e estava até então tudo OK. Mas por que vou oferecer o caviar se minhas melisseirinhas se contentam com o tremoço?
Anúncios

A FACHADA DA GALERIA MELISSA

18 fev

Em se tratando de mim, eu sei que é notícia velha.
Velhíssima, aliás.
O efeito é lindo, sim. Mas cadê a sustentabilidade que a Melissa prega tanto quando fala em gestão de marca?
A coisa vai ficar em “exposição” na fachada e a cada 15 dias, durante três meses, os post its de 500 MIL BLOQUINHOS serão trocados. 500 MIL BLOQUINHOS! WTF, Melissa?

Faça o que eu digo, não faça o que eu faço

((Sim, estou mega sumida! Não tive a consideração de aparecer nem na SPFW para gongar Q-U-A-S-E T-O-D-A a coleção de inverno. Sério. O pouco que eu vi, tive a mesma opinião de quando eu li essa notinha da fachada.))

PS: Vcs estão me entendendo? Vão ser gastos 3 MILHÕES DE BLOQUINHOS DE POST IT!

LANÇAMENTO COLEÇÃO AMAZONISTA NA GALERIA MELISSA

14 jun
Apesar de estar supersumidíssima, a linda Carol Kubbe não se esqueceu de mim (thanks, Tamy!) e me enviou um convite para participar do lançamento da nova coleção para blogueiras e não-blogueiras, que aconteceu na terça-feira passada lá na Galeria Melissa.
Chegando lá, já dava para perceber qual seria a vibe dessa coleção…

Um pedacinho da floresta tropical em plena Oscar Freire…

Como todo mundo já deve ter lido nos outros blogs, a ideia do evento era estreitar os laços entre a Melissa e suas consumidoras, tanto que não tinha só blogueiras, mas sim um monte de compradoras contumazes de Melissas, as meninas que verdadeiramente ajudam a divulgar e difundir a marca. Acho que isso foi uma bola dentro!

A burra esqueceu a câmera em casa e só estava armada com o celular cuja câmera não tinha zoom, então o Melissando infelizmente não tem as fotos da apresentação da coleção e do conceito Melissa de ser. Recomendo dar uma olhadinha no flickr da Thai, que tem um monte de fotos de boa qualidade, tanto da apresentação como dos modelos expostos.

Assim, ainda não tenho uma opinião concreta a respeito da coleção.
Saí da galeria achando que tinha odiado tudo, mas depois quando visitei o lounge no SPFW, me peguei suspirando por um ou dois modelos…

Logo na entrada da Melissa, algumas das novidades estavam expostas…

Amazonas

Lua

Mermaid

Gaetano Pesce (thanks, Cami!)

Seduce

Tropical

Violatta
(super lembrei da Aranha do Karim Hashid com essa!)
Lá dentro, mais novidades.
O engraçado é que antes dessa apresentação, me lembro de ter visto pouquíssimos modelos!

Amazonas: achei que ela captou o espírito “botália” (bota + sandália) que apareceu em sapatitos nesse outono-inverno. A princípio, achei bonita, mas nada para figurar na minha wishlist…

Aquarius: Bom, acho que todo mundo já sabe da minha má vontade em relação a chinelos plataforma…

Aranha: Não que eu seja fã da Aranha, mas odiei esse laço, acabou com um modelito clássico.

Arara: Um chinelinho de dedo sem maiores consequências nem grandes atrativos. Achei bem água: não incolor, mas inodora e insípida. Diria até inofensiva.

Vivienne Westwood Mary Jane + Croco: Aqui a brincadeira ficou legal e meus olhos brilharam. Meia pata e textura croco? AMAY! E amei mais ainda quando vi a versão em marrom dela. Super usável para trabalhar! Sobre a forma, achei que ela parece a 3-Straps com apenas uma strap.

Cute+Salinas: A Salinas acabou com a Cute. Essa sainha parece feita daqueles plásticos de capa de chuva amarelinha. Eu achei bem fuleirinho.

Flip Flop + Barbie: Essa sandalinha da Barbie faz parte de uma série chamada Back to Melissa que, assim como o Melissa Memories, “homenageia” antigos hits da marca. Para mim, essa homenageia sandalinhas de camelô meets palito do sorvete Frutily.

Flower + Isabela Capeto: Eu não gosto, mas acho que faz sentido em uma coleção de verão. Next!

Hoop: Sou meio lesa, tenho a imaginação fértil e acho que sou a única que vê na Hoop a substituta (fail) da Sweet Lips. Tb não é meu favorito, mas acho válido a versão flocada + medalha atropleada para o inverno e essa para o verão. Laços grandes são fotos!

Ipê + Isabela Capeto: Achei horrorosa, uma Flower atropelada!

Jokking + Lovefoxxx: Não tenho uma opinião muito definida sobre esse modelo, mas sei que na minha sapateira não tem espaço para ela. Sapatilha por sapatilha, prefiro a Ultragirl (embora seja a favor de jogar a forma fora).

Jean-Paul Gaultier: Ah, se eu tivesse dinheiro sobrando…

Juta: Parece a Cute, mas não é. E como a Cute deu uma embarangada básica, um chinelo de dedo fofo com lação se fez necessário nessa coleção.

Kali: Qual será o modelo que vem com o pompom na próxima coleção? Independente de ter gostado ou não (não gostei), a Kali sai loucamente do meu pé.

Lady Dragon: virou um clássico. Tem tudo para fazer carreira como a Ultragirl. Eu gosto do coração over e das cores, tanto do sapato como do coração! Tenho um caso de amor e ódio com ela, comprei em um tamanho menor, não aperta mas sai do pé.

Liberty: outra da série Back to Melissa, homenageando os anos 80. Ela me lembra um pouco a gladiadora da Glória Coelho. Não achei feia, mas eu não usaria. Sou mais chinelos assumidíssimos ou sandálias mais finas, eu achei essa Liberty um pouco grosseirona, talvez pelas tiras largas demais…

Loop: Gosto mais dela assim, com o laço da cor da Melissa. Acho mais chique. Experimentei uma esse fim de semana, ficou linda mas saiu do pé quando eu andei…

Marine + Espaço Fashion: As parcerias estão detonando os modelos nessa coleção! O que significa esse nó horroroso? Mil vezes mais o pompom!

Mermaid: A tira frontal não tem mais aquela “telinha”, ou seja, tinha tudo para ficar do jeito que eu queria, se não fosse esse coração esquisito. Se o coração na Lady Dragon orna, aqui deixou com um ar meio kitsch (no mau sentido).

Mini aranhas: Owwwwwwnnnnnnnn… Pena que a criança q usar vai ter essas gracinhas por tão pouco tempo, pq nessa idade o pé cresce tão rápido… Gente, é sério! Muito investimento para muito pouco tempo que o pé da meninota vai caber nele. E aí, faz o quê? Senta e chora, mãe pecadora!

Gaetano Pesce (sou ruim pra nomes, fato!): A idéia de customizar é até interessante, mas sei lá… Uma vez tive uma alergia que me apareceram umas placas na pele, tive más recordações ao ver esse modelito, q tb me lembra aquelas bolhas no pé que qdo estouram, vertem água e fica a sua pele viva e dolorida. Ui…

Royale + Dia dos Namorados: Eu sei que não é da coleção, mas tava lá, exposta e as recepcionistas estavam usando. Royale não me encanta (sim, meu coração voltou muito duro das minhas férias bloguísticas).

Severine: Deve ter vendido tão bem que a Melissa resolveu lançar o modelo em novas cores. As que eu vi por lá eram essa bordô+rosa e marinho+azul calcinha.

Vivienne Westwood + Temptation: E eu achando que a 3-Straps Elevated era sandália de drag… Posso falar? Odiei a fivela espelhada!!!! (sim, a Adri é ultraconvencional).

Temptation: A Ashia e a Temptation devem ter tirado par ou ímpar para ver quem continuava nessa coleção e a Ashia deve ter perdido… Faz sentido. Elas são praticamente gêmelas, né?

Tropical: Um híbrido, afinal toda coleção tem de ter seu Frankenstein. Essa raptou a frente da Gueixa e fechou um pouco mais o corpo, deixando a coisa meio abotinada. Até me agrada um pouco mais, pq assim dá mais estabilidade.

Uma porrada de Ultragirls: tem a Ultra do Bambi (confesso, achei fofa) com corpo translúcido e traminha meio de gaze, aplique dourado de veadinho e palmilha fofa. Tem a Ultra normal, estampadinha. Tem a Ultra lisa da Vivienne. Tem a Ultra de lação da Vivienne. Tem a Ultra do Jean Paul Gaultier, que eu vi no lounge do SPFW. Tem a Ultra da J. Maskrey. Melissa, dá pra jogar a forma da Ultra fora? Ou pelo menos lançar só uma Ultra por coleção? (Hahahahahahaha as meninas querem me matar, vivemos em um mundo materialista cheio de garotas materialistas que trocam seus diamantes por Ultras!)

Violatta: Apesar de ter tiras mais finas, achei meio grosseirinha tb.

Verão: Também da linha Back to Melissa, achei uma aberração, cara de fake e medonha com esses lacinhos macarrão. De leve, não lembrava o nome delas e salvei as fotos como whatthefuck. Phyna bagaray, a minha pessoa!

Campana + Zig Zag: Um clássico, nessa coleção todas as cores vêm com glitter. Tem também uma tal de Campana + Costela de Adão, mas que nem me apeteceu muito. Acho que os Campana me ganharam na Corallo mesmo…

No final do evento, ganhamos esses mimos da Melissa: uma sacolinha, uma Ultra transparente com estampa de folhas e o livro do Melissa Eu!

É legal ver a coleção em primeira mão?
Mooooooito!
É legal ganhar presentinhos depois de anos e anos só comprando, comprando, comprando…?
Mooooooito!
Mas mais legal ainda é ir ver as pessoas, conhecer as blogueiras pessoalmente (Thai e Ana Carô, duas fofas, amei conhecê-las!), rever as meninas dos encontrinhos e ainda conhecer algumas leitoras, que lêem todas as minhas abobrinhas, que me reconheceram no evento, que contam que sentiram a minha falta (ooooowwwwwn, meninas, vocês são tão lindas!!!).

Gente, sério.
Independente de qq outra coisa: vcs fazem q eu me sinta fodona mesmo!
Sério, eu me sinto foda por ter leitoras-amigas-cálegas de vício como vocês!

ULTRA DE NATAL

27 nov

Da Assessoria de Imprensa da Melissa:
“Melissa lança uma edição limitada especialmente para as compras de final de ano, com exclusividade para a Galeria Melissa. Quem estiver em São Paulo não pode deixar de passar na Galeria e conferir o mais novo lançamento da Melissa Ultragirl: vermelha, com glitter e um laço super feminino aplicado na lateral. São apenas 300 pares que serão vendidos com exclusividade na concept store da marca até acabarem os estoques. O modelo acompanha uma embalagem especial vermelha e dourada e é uma ótima dica de presente de final de ano! Preço sugerido: R$ 120,00.”

Da minha pessoa:
Precisei. Pra ontem. Vou para a Galeria Melissa comprar amanhã mesmo. Nossa Senhora do 13o. Salário, protegei a minha conta bancária e não me deixeis cair em tentação…

R$ 120 é caro demais para uma Ultra?

É.
Mas eu não fumo. Não bebo. Não uso drogas.
Vou em balada barata (menos de R$ 50/saída).
Economizei R$ 120 em um mês?
Oba.
Outra dica de compra: Vocês conhecem uma marca de moda praia e fitness chamada LÍQUIDO?
Eu andei vendo um ou outro biquini fofo em editoriais de moda e fiquei interessadíssima, principamente pelo preço amigo da garotada. Muito me interessei por biquinis e afins! Alguém conhece?