Arquivo | Amor RSS feed for this section

MINI HISTORINHA DE AMOR

27 jan

Estava na fila do restaurante de salada McDonalds outro dia, quando ouvi uma conversa alheia (como esse povo fala alto). Os dois meninos que conversava na minha frente eram office-boys que tinham parado para almoçar.

A conversa era centrada na menina que era o sonho dele, que nunca tinha dado bola para ele mas num belo dia resolveu dar assunto para o menino. Daí ele faz uma declaração mega de amor:
– Você é a cara da Jane Birkin.
E fez-se o silêncio.
E a menina vira a cara e vai embora.

 

O outro menino que estava com ele vira e diz que ele foi bobo, que se tivesse falado que era parecida com a Paula Fernandes ou a Paloma da novela, teria dado efeito.

Fiquei meio chocada pelo moço em questão saber como é a cara da Jane Birkin. Sinceramente, eu não lembrava da cara dela, mas como o Google é meu amigo, o Google é meu colega, vou fazer com o Google o que o cavalo faz com a égua a diva em questão é essa:

jane birkin

Sinceramente, acho que “a cara da Jane Birkin” vai ser o maior elogio que a moça vai receber na vida e ela nem se deu conta.

Anúncios

COISAS DA VIDA

24 ago

Após tentar (sem sucesso) fazer meu marido se apaixonar pela natação, resolvi largar na mão de Deus para ver o que acontece.
Recentemente ele se interessou por artes marciais (\o/). Porém, a arte marcial escolhida foi o kung fu.
Sim, aquela coisa aeróbica.
Sim, aquela luta do Bruce Lee.
BRU-CE-FU-CKING-LEE.
O cara com a coluna maleável que fica pulando, voando e socando sem parar.


Tentando fazer a pessoa voltar à razão.
– Amor, acho que o kung fu é pesado para nós.
– Por quê?
– A gente não tem perfil (idade e cansaço latente) para fazer kung fu.
– Ué, se o Kung Fu Panda virou o guerreiro dragão, por que eu não posso?

kung fu

Vocês entendem o porquê de seu ser sequelada, né?