Arquivo | Eu testei RSS feed for this section

AQUELE QUE PODERIA TER SIDO…

25 jul

No Black Friday do ano passado, cometi uma loucura.
Comprei um rímel da CHANEL!
Para mim, a marca sempre esteve em um nível que não estou disposta a gastar, então nunca cheguei sequer a experimentar.
Daí veio o Black Friday e o Inimitable, o rímel da Chanel, estava com desconto de 50%. Investi o equivalente a R$ 47 e arrematei-o para mim.

rimal chanel

A apresentação é uma loucura, a embalagem é essa coisa linda com aqueles 2 Cs na bunda da escovinha.
Como eu tinha 20 (!) rímeis abertos, mantive a coitadinha fechada até duas semanas atrás, quando desapeguei de vários (muitos, gente, deu aperto no coração e talz) e achei que seria um bom momento de ter um rímel fodástico para chamar de meu e aplacar a dor no meu peito (ui!).

Mas…

O tal do Inimitable é super imitable.

Segundo a marca: “Os cílios ficam mais evidentes graças a uma sinergia entre escova-fórmula que potencia o efeito multidimensional: Sua fórmula reveste os cílios com perfeição, alongando e aumentando o volume em um efeito 3D natural sem placas.
Sua escova de alta tecnologia, de elastômero macio e flexível, alinha as pontas ultrafinas perfeitamente ajustadas para uma fácil aplicação e desenho ideal. Permite aplicar a máscara até os cílios menores do canto dos olhos.”

Não senti cílios alongados e tampouco com mais volume.
É, no máximo, comum, do naipe das piores da Clinique/Maybelline/Avon e sem comparação, por exemplo, com uma Colossal da vida.

No sentido de comprar um produto para, depois de usar, nem achar essa coca-cola toda, a vinda da Sephora ao Brasil foi uma delícia.
Graças a ela, desmitifiquei várias querências.
Se a Sephora vendesse Chanel, por exemplo, eu não teria caído nessa cilada (assim como tô achando que o famoso primer e o rímel da tão incensada Hourglass são um pouco superestimados #prontofalei).
Ainda bem que o preju nem foi tão grande.

Quanto: R$ 139
Onde: http://www.chanel.com/pt_BR/perfumes-cosmeticos/Maquiagem-M%C3%A1scara-INIMITABLE-115890?sku=115892

Anúncios

OS EMPTIES DE MARÇO

27 mar

Adoro ler posts sobre empties, que são os frascos “acabados” de cosméticos utilizados.
Esses são os meus empties da primeira quinzena de março. E vai demorar para eu fazer outro post desses, porque não tenho produtex em vias de acabar nas minhas milhares de gavetinhas. 🙂
20130317_190630

LUMINA, demaquilante da Parallèle (R$ 24,90, 150 ml)
O que diz o fabricante: “Além de remover a maquiagem proporciona hidratação profunda e ajuda na prevenção do envelhecimento precoce da pele. Pode ser usado na área dos olhos.”
O que eu achei: Um demaquilante suave com cheirinho gostoso e fresco (achei que lembra melão). Quando acidentalmente entrou em contato com o olho, não ardeu. Porém, se a função dele era DEMAQUILAR, não deu muito certo, mesmo passando o algodão algumas vezes, ainda sobrava resíduos no rosto.
De novo na lista de compras? Não
O que estou usando no lugar dele: Demaquilante Facial Panvel.

VITAE, gel de banho esfoliante do Atelier do Banho (R$ 10,92, 50 gr. A amostra que utilizei era de 15 gr,)
O que diz o fabricante: “Sua formulação é enriquecida com extrato de Aloe Vera e Pantenol que hidratam e regeneram sua pele. A esfoliação é suave, promovida por ceras sintéticas.”
O que eu achei: Esfoliante fraco, sem muitos grãos, o cheirinho é até bom, mas a hidratação e a regeneração da pele mandaram um beijo.
De novo na lista de compras? Não
O que estou usando no lugar dele: Creme esfoliante corporal Fun Milk, o Boticário (sim, aquela da vaquinha, de 2009, que foi devidamente estocado e venceu faz mais de ano)

AMPOLA RECONSTRUÇÃO E FORÇA, da Tresemmé (R$ 12,90, kit com 3 ampolas)
O que diz o fabricante: “O tratamento selando as cutículas dos fios, ajudando a reconstruí-los. Sua fórmula com uma combinação especial de ativos penetra na fibra e age instantaneamente proporcionando uma carga de aminoácido e queratina, reparando as áreas mais danificadas, resgatando a vitalidade do seu cabelo. Seu cabelo restaurado, hidratado e com um acabamento brilhante, como cuidado no salão.
O que eu achei: cheirinho agradável (uso o shampoo e o condicionador dessa linha), efeito ótimo com aquela sensação de cabelo ficando macio na mão, efeito dura uns 2 dias (que é o intervalo que lavo o cabelo).
De novo na lista de compras? Sim
O que estou usando no lugar dele: As outras ampolas da caixinha, quando acabarem, vou comprar outra. Adoro!

MEGA-RICH BODY WASH, da Peter Thomas Roth (R$ 41,29, 250 ml. A amostra que utilizei era de 30 ml)
O que diz o fabricante: “Sabonete líquido para chuveiro e banheira enriquecido com vitamina, que limpa e revitaliza a pele.
Unicamente formulado com micro partículas hidratantes, enriquecidas com vitaminas A, C e E, este body wash luxuoso hidrata intensamente a pele enquanto a Pró-Vitamina B5 nutre e deixa a pele mais macia”.
O que eu achei: ganhei três dessas amostras do Beauty Bay (testei 150 ml de produto) e não vi essa hidratação toda. Mas é uma boa espuma, bem gostosinha é que, além de cheiroso delícia, faz bastante espuma. Nada além disso.
De novo na lista de compras? Não
O que estou usando no lugar dele: Ainda não estreei, mas no meu aniversário ganhei o gel de banho Mousse de Rosas, da L’Occitane.

EYESHADOW PRIMER POTION, da Urban Decay (R$ 44,25, 11 ml. A amostra que utilizei era de 3,7 ml)
O que diz o fabricante: “Cores vibrantes, indeléveis, que duram mais de 24 horas com esse primer. Adorado por maquiadores e viciadas em maquiagem, o primer potion melhora suas sombras – teste uma vez e você não vai querer viver sem!
O que achei: é o meu segundo tubinho. O primeiro foi full size, e este veio junto com a palette Naked 2. Para sombras mais ou menos, é realmente O produto, de qualidade superior a tudo que já experimentei nesse campo. Ainda tenho outras amostrinhas e dois full size que ganhei dazamiga que sabem que eu não presto sou makeup junkie.
De novo na lista de compra? só quando acabar todo meu estoque
O que estou usando no lugar dele: Outro Eyeshadow Primer Potion travel size!

CRÈME SORBET HYDRATANTE, da Caudalie (R$ 70,00 por 40 ml. O sachê que testei tinha – acho – 2 ml) 
O que diz o fabricante: “Este gel-creme acalma e suaviza de forma instantânea e duradoura. Relança os mecanismos de hidratação da pele e reconstitui as suas reservas de água. Fortificada, a pele torna-se macia e confortável.
O que achei: um creme leve, cheirosinho e que deixa a pele bem macia, parece que ela “chupa” o produto. Pena que seja tão caro, daí deixa de ser uma opção. O sachê deu para duas aplicações, apesar da pouca quantidade, ele é bem fluido, então entrega um bom rendimento.
De novo na lista de compra? Não, mas só pelo preço proibitivo.
O que estou usando no lugar dele: Suspendi o Embryolisse e o Active (Boticário) no dia do teste, mas já voltei para eles.

ACQUA DI GIOIA, de Giorgio Armani (R$ 125 por 50 ml. A amostra que testei tinha 1,5 ml)
O que diz o fabricante: “Uma fragrância aquática, sensorial, inspirada na natureza. Giorgio Armani celebra a mulher e a natureza, levando-a para um momento único, onde todos os sentidos são aguçados. Abre com frutas cítricas frescas, segue o coração floral de jasmim, peônia e pimenta rosa, e a base fecha com cedro, ládano e açúcar mascavo”.
O que eu achei: um perfume fresco, gostoso e feminino, sem ser doce demais, com boa fixação. Usei umas 4 vezes e gostei muito!
De novo na lista de compra? Não agora, mas no futuro é uma possibilidade.
O que estou usando no lugar dele: Parei de usar o Happy da Clinique para testar este, mas estou de volta a ele para acabar logo com o coitado. 🙂

J’ADORE, de Christian Dior (R$ 220 por 50 ml. A amostra que testei tinha 1,5 ml)
O que diz o fabricante: “A essência da feminilidade absoluta em um buquê floral frutado opulento. Abre com ylang-ylang das Comores, corpo de rosa damascena e fundo de jasmin Sanbac”.
O que eu achei: Em 1999, quando ainda morava na França, minha mãe comprou um frasco de J’Adore para mim. Era O lançamento, O hype, O perfume do ano e minha paixão durou enquanto o frasco durou. Mas 14 anos depois, ele me pareceu muito talcado, um tanto doce e, dessa vez, ele não fez minha cabeça.
De novo na lista de compra? Não.
O que estou usando no lugar dele: Parei de usar o Happy da Clinique para os teste do J’Adore, mas estou de volta a ele para acabar logo com o coitado. 🙂

Tem um item que não está na lista mas que está se despedindo da minha vida, não por ter acabado, mas sim por ter me dado uma dor de cabeça violenta nas duas vezes que o testei:

FLORATTA CEREJEIRA EM FLOR

florattaNunca tinha sentido, em mim mesma, um perfume mais doce e enjoativo. Até o Angel (Thierry Mugler) fica suave perto dele…

APRENDENDO…

15 fev

No post sobre os meus apuros enquanto manicure, pedi dicas das leitoras mais experientes para lidar com a missão espinhosa de como lidar com bases, esmaltes e afins. Daí veio um anjo que assina Rezinha com a dica:

Primeiro de tudo, vá na perfumaria e compre um top coat (famoso “roxinho”) da marca Vefic chamado “Intensificador de Brilho – Espelho d’agua”, ele vai resolver 3 problemas seus de uma só vez. Esse top coat seca o esmalte muito mais rápido do q qquer óleo/spray, aumenta a durabilidade e elimina as bolinhas do esmalte.

Intensificador de Brilho

 

Como sou ansiosa, fui atrás desse tal de VEFIC no mesmo dia, e acabei comprando online, na Perfumaria Seiki, porque meus horários realmente não são normais/humanos a ponto de encontrar lojas abertas que vendam essas marcas menos conhecidas.

Depois de uma pequena confusão – em que tive de entrar em contato com a loja, mas no final eles mandaram TANTAS amostrinhas e presentinhos que relevei -, chegaram meus 3 VEFICs e outras coisinhas mais que comprei na loja para aproveitar o frete.

Meu primeiro teste foi com a base niveladora da Risquê (vermelha) + esmalte Andando nas Nuvens (Colorama) nas mãos e Juliana e a Moda (Hits Specialitá) nos pés, 2 camadas de cada uma (relevem a breguice da combinação!)+ top coat VEFIC. O Juliana eu nunca tinha usado, mas o Andando nas Nuvens é um nude bem bonito que formava MILHARES de bolhinhas. Vitória: dessa vez, nada de bolhinhas, mas 3 dias depois já tinha perdido pedaços (!) do esmalte, tipo, plaquinhas de cor se soltando. Fiquei puta triste, mas prometi que ia testar novamente no fim de semana. Já o pé ficou INTACTO por duas semanas.

No fim de semana seguinte, lá fui eu de novo, com a base niveladora (Risquê)+ Inveja Boa (Risquê, duas camadas, formadora de bolhinhas de nível internacional) + top coat VEFIC. Novamente, nada de bolhinhas, mas pedaços de esmalte descolando inteirinhos dois dias depois… Ódio.

Aí, no Carnaval, como sou brasileira e não desisto nunca, resolvi trocar a merda da base niveladora por uma base comum (mais ou menos comum, é a Diamond Shine, da Sally Hansen) + esmalte Cinza Incerto (Risquê) nas mãos + Do Jeito H (Hits Specialitá) nos pés. SUCESSO: sem bolhinhas, esmalte brilhante e resistindo ao desastre que é a minha pessoa há 4 dias (tendendo a durar 6 ou 7 dias em boas condições).

E o melhor é que o tal do VEFIC me enganou direitinho, tipo, eu tinha certeza que aquele trem roxinho e ralinho não era aquela Coca Cola toda, e ele é. Estou bem satisfeita e com vontade de experimentar os outros produtos da marca, em especial a tal da base niveladora (morra, Risquê!).