Arquivo | Zig Zag RSS feed for this section

A MELISSA DO CALORZINHO

7 nov

Ando bem desanimada com as Melissas.
Sério.
Com essas calçadas from hell que habitam esta cidade, com pedras pontiagudas, cimentos partidos, areia (!) e todas as desagradabilidades da vida, tudo que eu menos quero é um sapato com solado flexível.
Mas pra variar, sou das poucas.

E o que eu mais tenho visto por aí são os modelitos que adoram sair do meu pé, Melissa + Irmãos Campana (genericamente, porque no final todas escapam do pé).
E o mais legal: de tudo quanto é coleção, modelo, cor e textura.

Não sei se acontece com vocês, zigzagueiras, mas vi várias Zig Zags arrebentadas nessas minhas andanças diárias. E vi uma zig que parecia um rosa queimado com glitter que fiquei com vontade, mesmo sabendo que as poeirinhas vão entrar no meu pé, que eu vou andar e a Melissa vai sair do meu pé e todos os inconvenientes que eu já estou cansada de saber, mas… Ai ai

Anúncios

CAMPANAS!

16 jun
A parceria da Melissa com os Irmãos Campanas é sem dúvidas, muito bem sucedida.
Que atire a primeira Melissa quem não tem nenhuma das sapatilhas!
Eu, pelo menos, tenho três Corallos, que são as únicas que não saem do meu pé.
Eu gosto do jeitinho da Zig Zag, mas ela é uma que quando eu ando, ela fica, idem a Favela. Mas como as meninas normalmente adoram, as sapatilhas Campana sempre dão o ar da graça nas coleções.
A que volta é a Zig Zag com glitter que, se não me engano, apareceu naquela caixa com três que foi vendida no ano passado. Mas caras, comprar três Melissas por causa de uma e depois vender as outras, sendo que a q todo mundo queria era a Zig com glitter não fazia muito sentido, né? Já tem as mais prendadas que conseguiram produzir suas próprias Zig com glitter, como a Doce. Agora, não precisa mais!

A novidade é a Campana Costela de Adão, que homenageia essa plantinha aqui que, para quem tem bicho em casa, é um perigo! E o que ela tem a ver com Amazonas, desconheço pois não tenho conhecimento nenhum de botânica (help, Thai) e a Wikipedia diz q é uma planta originária do México.
Não me emociona nem um pouco, pra falar a verdade, mas assim como a Coral, é bem bonita e pensada levando-se em conta a aparência que ela vai dar aos pés. Acho que as versões translúcidas tendem a ficar mais bonitas que as transparecentes no pé e logo logo vai ter um monte de fakes por aí, vendidas a 20 reau nas melhores lojas de comércio popular da cidade…

A coleção começa a chegar às lojas em agosto!